Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Senhor...
Senhor… eu venho diante de Ti, com o coração consternado, triste. Porque mais uma vez eu me vi no espelho. Eu vi como eu sou de verdade. Sempre de novo eu me deixo tomar pelo meu temperamento. Sempre de novo eu faço as coisas sem pensar, sem refletir. Eu não consigo mudar, meu Pai. Eu não consigo. Eu queria tanto aprender a aprender a viver. Como eu queria. Me ensina. Me ensina a ser calma, a não agir irrefletidamente. Me ajuda a ser mais humana, mais querida, mais doce e meiga. Prá não magoar quem eu amo com esse meu jeito louco de ser. Eu me sinto tão perdida, tão confusa. Me ajuda a me situar. A me achar outra vez. Me ajuda a não ver tudo com as lentes do medo, da raiva, dos sentimentos ruins que me sobem a alma quando eu não reflito sobre as coisas que me são ditas, que me são feitas… que me acontecem.. Quando eu tiro conclusões apressadas e tomo atitudes a partir delas… E me perdoa Senhor. Do fundo do meu coração eu peço perdão. Que eu ofendo quem me ama, que eu magoo quem me ama… Me ensina Senhor. Me ajuda. A ser gente. Amém.

Maria
Enviado por Maria em 28/04/2011


Comentários