Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Encontro
Carrego tantos sentimentos dentro do peito, tantas vivências na alma. E não houve tempo para me expressar... Agora ao tentar balbuciar do jeito que melhor sei fazê-lo, escrevendo, a emoção conturba os olhos... Acho que nasci de novo. Sim, nasci. Me tornei um óvulo pequenino no seio da semente que em meu sonho, em forma de palavra escrita, lancei à terra e nasci outra vez. Renasci num colo de deusa, aos pés do amor, bondade e compaixão... Uma luz me viu em minha pequenez, me tomou em seus braços de amor e me conduziu, cuidada e carinhosamente pelo caminho que por tanto e tanto tempo e incessantemente eu busquei. Caminho que agora encontrei. No entanto, minhas buscas não se findaram nesse encontro. A trilha longínqua que terei de percorrer apenas começou. Me encontrei. Nesse encontro, descobri-me. Pude me ver. Assim, assim, nesse espelho real que me colocaram na garganta, que levei para o coração. Sim, sei que é possível ver minha força, mas que também ficam expostas todas as minhas fragilidades. E é nessas fragilidades que me vejo, uma pequena e tímida flor germinando suas pétulas de luz, estendendo timidamente os braços em direção ao céu escondido por detrás das cores... Uma tímida e frágil flor lançada na terra e revelando minha palavra escrita. Foi naquele círculo que a vi se desenhar. Foi no círculo branco que me foi dado como promessa de futuro que compreendi que pétalas de flor e asas de pássaro são um só. Foi ali que lancei minha flor e ela se revelou num nome que é a minha palavra escrita. Nome que me foi dado buscar... O conhecimento!.
Maria
Enviado por Maria em 11/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários