Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Velhas Perguntas

Também penso que vãos se abrem como se você fizesse parte de todas as coisas, como se tudo permanecesse igual ao início dos tempos, esse tempo cíclico, de idas e de voltas. Me debato nos mesmos questionamentos, nas ranzinzas e "velhas perguntas" e também me atormento por não saber conversar com datas, nem delas saber coisas mágicas e perenes... não sei se sou parte do encanto, nem se tenho abrigo nesta tenda de ouro, milagre e luz... mas sei que, cheia de inquisições, também me pergunto se estou indo ou voltando nessa imensa estrada que é a vida e se sou parte do milagre e suas coisas, assim como o vento ou o amanhecer...
Maria
Enviado por Maria em 01/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários