Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Travessias

Os olhos se fixam nas miragens de travessias interiores... Não me afunilo mais em sonhos como ontem fazia... Já aprendi que preciso saber desistir... Contemplo-me... Às vezes, a mão segura o eixo do imaginário... Me deixo levar... navio de plumas e asas em mar aberto... Sou redemoinho de abstrações... Algures, atravesso os olhos para as longitudes que os olhos podem ver e num momento angular e íntimo me calo... Os olhos se fixam nessas miragens de travessias interiores...
Maria
Enviado por Maria em 09/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários