Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Desassossegos

As mãos choram sobre o verniz do meu velho bandolim.
Repousa calado sobre a mesa, a voz rouca presa na garganta...
As cordas que faltam sussurram ausências sentidas
do sombrear das asas de um pássaro de luz...
Os voos silenciam. Passos soturnos, lúgubres
ressoam pelas calçadas da noite escura e silenciosa...
Meus desassossegos se acolhem no silêncio de um poema sem luz...
Maria
Enviado por Maria em 05/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários