Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Olhar de (Des)estilhaço
 
 
E quem não busca esse olhar (des)estilhaçado das cinzas e fuligens do tempo? Um olhar abnegado e incendiado de mesuras infindas? Nem mesmo as cinzas e as sobras do carvão serão jogadas fora... Podem servir de calor e condimento para a felicidade que, se repartida, nunca faltará e jamais diminuirá no pão da amizade e da vida...
Maria
Enviado por Maria em 11/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários