Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Gotejar de Silêncios

Se os sentidos precisam emudecer-se,
se a voz que canta precisa calar...
não há quem sinta ausência...
não há um só soluço a cair
dos cílios de alguma janela do tempo...

talvez a voz do escondidinho...
ser inteira em pedaços, manchas de agulhas,
fraturas expostas... Sinto...

Asas batem em nuvens ao longe...
cálidas voam ao longe... ...
Então... se os sentidos precisam emudecer-se,
se a voz que canta precisa calar...
um gotejar triste desce dos olhos...

talvez, amanhã... amanhã, talvez...
cala-se a voz do colibri... cala-se o canto...
e o silêncio nasce... na janela do tempo...
Maria
Enviado por Maria em 17/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários