Maria
Prosa e Poesia
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


O Silêncio da Alma

Sempre há um espaço em branco entre as linhas,
um lugar que contém a profundidade
que não se diz, que não se revela...
É desse lugar que falo, do lugar onde sou...
do lugar que não mais conheces, não mais vês...

Sim, eu sei... Tu não percebes, mas já está subentendido...
Eu percebo e subentendo a direção do teu olhar...
teu olhar que só vê a perfeição da casca e dela se encanta...
No entanto, de longa data sabes (mas esquecestes)...
não é ali que mora a essência, a totalidade da vida...
Não é ali a verdadeira virtude, tu bem sabes...

Por isso, hoje eu falo do lugar que sou... e...
a madrugada de silêncios conta
de um espaço em branco entre as linhas...
um lugar que contém a profundidade...
que não se diz... que não se revela...
Maria
Enviado por Maria em 26/09/2018
Alterado em 26/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários