Maria
Prosa e Poesia
Capa Textos E-books Fotos Livro de Visitas Contato
Textos
(Des)Solidão

A busca pelo sonhos envolve perspectivas que por vezes não conhecemos... e, muitas vezes, nessa procura é a nós mesmos que tentamos encontrar... Foi por isso que um dia me foi dada uma palavra escrita. Ela veio qual amálgama de amor para colmatar meu navegar em busca do que é verdadeiro e puro. Foi assim que me encontrei e aprendi a dividir com o outro o meu amor. E, que meus muros caíram, transformando minhas portas e janelas em rios e mares para o livre caminhar. Hoje grito em silêncio que meu renascer me fez voltar ao cais e que foi descobrindo meu caminho com teu rumo e meus remos na mão, que aprendi que, definitivamente, não navego mais só...
Maria
Enviado por Maria em 01/04/2018
Alterado em 01/04/2018
Comentários