Maria
Prosa e Poesia
Capa Textos E-books Fotos Livro de Visitas Contato
Textos
Maria Sem Palavras
Em alguma manhã... o céu de teu poema
cujos versos nasceram nas tuas mãos
de gratidão e admiração, no abraço querido,
por esta amizade, por todos os seres!
Em alguma manhã, um relicário de palavras
(bengalas para a vida)......
um nó na garganta e os olhos úmidos
- a alma em ebulição - pura emoção...
E a poeta se cala, uma vez
sem palavras... a poeta, a mulher Maria...
Maria
Enviado por Maria em 04/08/2019
Alterado em 05/08/2019
Comentários