Maria
Prosa e Poesia
Capa Textos E-books Fotos Livro de Visitas Contato
Textos
Redoma da Noite

Na redoma da noite, surgem quimeras
ardentes de chão e estrelas...
afugentando a palidez
das incertezas e impossibilidades...

Aflora o fervor do voo das águas
pelos seixos desta lua que paira
sobre a profundidade de minhas raízes...

Falo desse silêncio que diz obrigado,
desse silêncio que agradece
a brevidade dos jardins,
os ocasos das encruzilhadas do tempo
e as noites de trigo e sementes
que enxergam além das nuvens de sal ou da dor
de um sonho que ainda não se realizou...
Maria
Enviado por Maria em 12/08/2019
Comentários