Maria
Prosa e Poesia
Capa Textos E-books Fotos Livro de Visitas Contato
Textos
Podas da Alma

Também penso nas podas da alma,
nos ventos e ciclones da vida...
nas mudas e sementes que plantei
e ainda não vi as suas flores.
No inverso do que te é e não sei,
e no que sei de mim que sou e não sou.
Não perdi o pulso, mas calo o peito.
Não é um lamento, mas um silêncio
intencional e necessário...
Maria
Enviado por Maria em 27/08/2020
Comentários