Maria
Prosa e Poesia
Capa Textos E-books Fotos Livro de Visitas Contato
Textos
Espelho de Folhas Secas

Não é tempo de abraços e toques de mão, não é.
Mas não há como fazer perder
a lembrança do movimento,
a reminiscência do abraço querido.
Aquele que a gente abraça
profunda e suspiradamente
e quer abraçar de novo para sentir
o calor e a força do sentimento.
É tempo de distâncias,
mas o longe se faz perto
no olhar de profundidades
que espelha a beleza e o céu
de nossos mundos, nossas vivências,
na memória das folhas secas da vida.

Poema e Foto:
Maria
Enviado por Maria em 10/09/2020
Alterado em 10/09/2020
Comentários